Como preparar seu filho para a volta às aulas

Com as férias chegando ao fim, muitas crianças costumam ter dificuldades para se adaptar novamente à rotina de estudos requerida para obter um bom desempenho na escola.

Para que essa transição ocorra da maneira mais saudável e natural possível é importante impôr algumas regras e limites no período final das férias para que as crianças já comecem a entender que a rotina normal está prestes a voltar.

Pensando nisso, separamos seis dicas importantíssimas para que você ajude seu filho a voltar ao ritmo de aulas.

Que tal conferir?

  1. Comece a reorganizar os horários: durante as férias é comum que as crianças não tenham horários muito rigorosos para comer, dormir e realizar as atividades do dia a dia. Na fase final do recesso, no entanto, é essencial que as crianças comecem a reorganizar os horários para que o choque não seja tão grande na volta às aulas. Uma dica é puxar os horários em 10 minutos a cada dia, até chegar em um horário próximo ao desejado durante o período de aulas. Isso vale tanto para os horários de refeição quanto de dormir e o tempo, varia, é claro, de acordo com o tamanho do ajuste a ser feito.
  2. De uma atenção especial ao sono: apesar de já ter sido mencionado na dica anterior, a hora de dormir merece uma atenção exclusiva. O ajuste mais difícil de ser feito é, sem dúvidas, o do sono. O corpo costuma demorar dias (ou até semanas) para se adaptar totalmente aos novos horários. Além disso, o sono influencia diretamente no humor das crianças e no bom funcionamento do corpo e mente durante o dia. Por isso, é sempre importante estar bem atento aos horários de sono do seu filho no período final das férias.
  3. Converse com seu filho sobre o fim das férias: apesar de parecer simples, conversar com os filhos sobre o fim do período de férias é crucial para que eles tenham total conhecimento do que está acontecendo. Tente focar nas partes boas da volta às aulas, como o reencontro com amigos, por exemplo.
  4. Prepare o material escolar: o material escolar é imprescindível para que seu filho não tenha problemas na escola. Normalmente, as escolas fornecem no início do ano uma lista de materiais sugeridos. Caso esse não seja o caso, entre em contato com a escola ou com outras mães para saber quais são os materiais necessários para o ano letivo. Além disso, tirar um dia para ir à papelaria com os filhos para comprar o material escolar é sempre divertido.
  5. Planeje o tempo de lazer: a volta às aulas e o lazer sempre devem coexistir para que a criança esteja feliz. O tempo de brincadeiras tende a diminuir, é claro, mas nunca deve ser retirado completamente da rotina. Uma dica é separar uma ou duas horas diárias de lazer durante os dias letivos para que seu filho se mantenha feliz sem atrapalhar o rendimento na escola.
  6. Aproveite o restante das férias: apesar de ser a última dica, ela não é menos importante que as outras, Aproveitar ao máximo o que resta das férias é importante para que a criança não volte às aulas com a sensação de que não fez tudo que gostaria de fazer. Dessa maneira, quando as aulas voltarem, a mente do seu filho vai estar totalmente voltada aos estudos, e não no tempo de férias desperdiçado.

Depois que as aulas voltarem, lembre-se de se manter atento ao desempenho do seu filho e de se comunicar com a escola a fim de identificar e resolver qualquer problema que possa surgir o mais rápido possível. Além disso, incentive-o a estudar e se interessar pelo aprendizado cada vez mais.

Com essas dicas, seu filho tem tudo para fazer uma transição de volta às aulas tranquila, feliz e sem nenhum problema que atrapalhe seu rendimento na escola!

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à conversa?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *