COMO AJUDAR SEU FILHO NA ESCOLA

Os dias estão cada vez mais diferentes, as aulas com os professores e os amiguinhos agora estão tudo online, nós vemos os nossos pequenos a cada dia com mais desanimo e sem vontade para fazer as atividades e assistir as aulas.


Sabemos que as aulas online pesam bastante, pois não existe aquela dinâmica de estar pessoalmente em uma sala de aula, e a falta de interação com outras crianças promove essa falta de ânimo, mas como pais temos que da um jeito de burlar isso, hoje vou deixar dicas aqui que irão ajudar nessa fase escolar em meio a essa pandemia.


Uma pesquisa do Datafolha feita com 1.021 pais ou responsáveis de crianças do ensino fundamental e médio mostra que aumentou o envolvimento nas atividades escolares dos filhos.

Conhecer e ter um bom relacionamento com os professores, diretores e pedagogos é importante para saber como anda o rendimento do seu filho, saber em que você poderia estar ajudando-os nesse momento complicado.


Mesmo que isso vá ocupar o seu tempo, participe das reuniões online para pais e responsáveis, além de dá exemplo para o seu filho, você fica mais sintonizado com os professores.
Tenha sempre uma agenda com as tarefas e trabalhos do seu filho anotado, para você ter ciência dos prazos e se seu filho está cumprindo com as atividades.


Separe um momento junto com seu filho para ser reservado a estudar, nesse momento vocês podem realizar leituras juntos, ajuda-lo nas tarefas pois nem sempre nas aulas ele consegue tirar todas as duvidas, separar um momento pra isso é de extrema importância.
Se caso você vê que seu filho está tendo muita dificuldade em uma matéria, tente buscar uma ajuda externa, tem vários professores especializados oferecendo aula de reforço particular, é uma boa opção para que seu filho consiga se desenvolver naquela matéria.


A escola é uma parte importante na vida do nossos filhos, tanto o fundamental quanto o médio, é uma preparação para uma carreira, para um sonho que ele possa ter, mesmo nesses tempos caóticos, devemos sim priorizar a educação deles e ajuda-los.

E ai, gostou da dica?

0 respostas

Deixe uma resposta

Quer juntar-se à conversa?
Sinta-se à vontade para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *