Dicas para viagens com filhos pequenos

Com as férias de julho se aproximando, muitos pais desejam curtir esse tempo com seus filhos em uma viagem em família. Mas no caso de quem tem filhos entre 3 e 5 anos – para impedir possíveis complicações e estresse – é necessário se planejar bem e ter em mente os cuidados necessários com os pequenos.

A primeira parte do planejamento de uma viagem é a escolha do destino, por isso lembre-se de evitar locais muito isolados, pois caso algum imprevisto aconteça, uma localização mais privilegiada – perto da cidade ou de hospitais – será de grande importância.

Além disso, pesquise com antecedência o endereço do centro de saúde mais próximo e tenha também o contato de algum médico, de preferência um pediatra de confiança, para que em casos menos graves, ele possa ajudar.

Ainda sobre o destino, faz-se necessário analisar se o hotel possui recreação, visto que crianças com esta idade precisam de cuidados e querem fazer novas amizades.

Dessa forma, separamos dicas de alguns locais que possuem esse perfil e são simplesmente maravilhosos:

Na região nordeste existem vários resorts que oferecem recreação, dentre eles está o Beach Park, localizado em Aquiraz (CE), que conta com vários brinquedos molhados que irão garantir a diversão do seu filho.

Se você não está procurando viajar necessariamente para um local de praia, mais para o sul do país, no Paraná, temos o resort Bourbon. Ele, em parceria com as Cataratas do iguaçu, oferece além de recreação, boliche, minizoo e piscina.

Já em Santa Catarina, o hotel Plaza Caldas da Imperatriz Resort & Spa, tem uma programação recheada de atividades ao ar livre para os pequenos. Por ser cercado pela Mata Atlântica, o lugar é lindo e encantará a todos.

Também, é preciso pensar em formas de evitar que as crianças sintam-se desconfortáveis ou irritadas durante o caminho até o destino final. Para distraí-las, baixe diversos jogos no tablet, leve livros de colorir e brinquedos que não façam sujeira. Aproveite para ensiná-las um pouco sobre responsabilidade e deixe que elas mesmas levem uma bolsa com seus brinquedos. Por fim, não esqueça de levar lanchinhos deliciosos para alegrar os pequenos.

Agora ficou mais fácil para você começar a preparar sua viagem, não é?

Quanto mais planejamento melhor!

Não deixe de viajar e se divertir por conta dos filhos, é muito importante relaxar e aproveitar enquanto eles estão pequenos para curti-los bastante.

Descubra como aproveitar o carnaval em tempos de pandemia

Não é segredo para ninguém que o carnaval de 2021 vai ser o mais diferente dos últimos tempos.

A fase de vacinação, que começou há algumas semanas, está visando primeiramente grupos de risco e, além disso, sabemos que a vacina só garante imunidade contra o vírus após a segunda dose.

Isso significa que, apesar dos enormes passos que demos em direção ao fim da pandemia, ainda precisaremos seguir as normas de segurança por algum tempo, inclusive no carnaval.

E é por isso que, em todo o Brasil, os desfiles de escolas de samba e os tradicionais bloquinhos de rua foram cancelados, deixando muita gente sem saber o que fazer no carnaval.

Para as crianças, principalmente, que adoram o feriado para brincar e passear, se manter entretido em casa aparenta ser uma tarefa difícil.

Você sabia, no entanto, que existem formas de você aproveitar esse carnaval com o seu filho sem desrespeitar nenhuma das medidas de segurança contra o Covid-19?

Pensando nisso, preparamos esse artigo com algumas ideias do que fazer nesse período para que ele não passe em branco para você ou o seu pequeno.

Venha conferir!

Descanse

Aproveite a oportunidade para recarregar não só as energias do seu filho, mas as suas também. Façam maratonas de filmes, leituras e outras atividades relaxantes que servirão para descansar o corpo e a mente.

Além disso, aproveitem para dormir algumas horinhas extras e mandar o cansaço do dia a dia embora!

Visite familiares

Não há nada melhor do que visitar os avós, não é mesmo? Aquela comida caseira insubstituível e a companhia da família são, sem dúvidas, coisas que elevam o astral e proporcionam momentos felizes.

Nesse momento, é claro, tenha bastante cuidado e assegure-se que todos os familiares que participarão do encontro estejam se cuidando, praticando o distanciamento social e o uso de máscaras, além de evitar aglomerações.

Recomenda-se, ainda, que os encontros com a família sejam mais restritos aos membros mais próximos, evitando ao máximo a aglomeração de um número grande de pessoas.

Brincadeiras em casa

Já que precisamos evitar as ruas, que tal um pouco de diversão em casa? Sugira brincadeiras em família como caça ao tesouro, esconde-esconde ou até mesmo jogos de tabuleiro.

Isso fará com que vocês tenham um momento feliz em família além, é claro, de manter as crianças entretidas.

Cuidados básicos

Ninguém gosta de perder o carnaval por estar passando mal e, para que isso não aconteça, é necessário seguir uma série de dicas básicas que não têm relação direta com a pandemia, como por exemplo:

  • Cuidados com o sol: caso você e o seu filho decidam passar um dia em uma praia menos movimentada, por exemplo, não se esqueça de se assegurar que ele utilize camisas de proteção contra os raios solares, além de um protetor solar adequado. Isso evitará insolações e queimaduras que poderiam acabar atrapalhando o feriado inteiro.
  • Hidratação: seja em passeios ou até mesmo em casa, é importante lembrar que ainda estamos no verão e, portanto, é indispensável nos mantermos hidratados nessa época. Dê preferência à água, sucos naturais e água de coco e evite refrigerantes e outras bebidas gaseificadas.

Se cuidar em relação ao sol e a desidratação vai proteger você e o seu filho de possíveis problemas de saúde e, dessa maneira, garantir que não haja nada impedindo esse carnaval de ser divertido para toda a família.

Temos certeza que essas dicas vão fazer com que esse carnaval, mesmo diferente, seja inesquecível!

Como preparar seu filho para a volta às aulas

Com as férias chegando ao fim, muitas crianças costumam ter dificuldades para se adaptar novamente à rotina de estudos requerida para obter um bom desempenho na escola.

Para que essa transição ocorra da maneira mais saudável e natural possível é importante impôr algumas regras e limites no período final das férias para que as crianças já comecem a entender que a rotina normal está prestes a voltar.

Pensando nisso, separamos seis dicas importantíssimas para que você ajude seu filho a voltar ao ritmo de aulas.

Que tal conferir?

  1. Comece a reorganizar os horários: durante as férias é comum que as crianças não tenham horários muito rigorosos para comer, dormir e realizar as atividades do dia a dia. Na fase final do recesso, no entanto, é essencial que as crianças comecem a reorganizar os horários para que o choque não seja tão grande na volta às aulas. Uma dica é puxar os horários em 10 minutos a cada dia, até chegar em um horário próximo ao desejado durante o período de aulas. Isso vale tanto para os horários de refeição quanto de dormir e o tempo, varia, é claro, de acordo com o tamanho do ajuste a ser feito.
  2. De uma atenção especial ao sono: apesar de já ter sido mencionado na dica anterior, a hora de dormir merece uma atenção exclusiva. O ajuste mais difícil de ser feito é, sem dúvidas, o do sono. O corpo costuma demorar dias (ou até semanas) para se adaptar totalmente aos novos horários. Além disso, o sono influencia diretamente no humor das crianças e no bom funcionamento do corpo e mente durante o dia. Por isso, é sempre importante estar bem atento aos horários de sono do seu filho no período final das férias.
  3. Converse com seu filho sobre o fim das férias: apesar de parecer simples, conversar com os filhos sobre o fim do período de férias é crucial para que eles tenham total conhecimento do que está acontecendo. Tente focar nas partes boas da volta às aulas, como o reencontro com amigos, por exemplo.
  4. Prepare o material escolar: o material escolar é imprescindível para que seu filho não tenha problemas na escola. Normalmente, as escolas fornecem no início do ano uma lista de materiais sugeridos. Caso esse não seja o caso, entre em contato com a escola ou com outras mães para saber quais são os materiais necessários para o ano letivo. Além disso, tirar um dia para ir à papelaria com os filhos para comprar o material escolar é sempre divertido.
  5. Planeje o tempo de lazer: a volta às aulas e o lazer sempre devem coexistir para que a criança esteja feliz. O tempo de brincadeiras tende a diminuir, é claro, mas nunca deve ser retirado completamente da rotina. Uma dica é separar uma ou duas horas diárias de lazer durante os dias letivos para que seu filho se mantenha feliz sem atrapalhar o rendimento na escola.
  6. Aproveite o restante das férias: apesar de ser a última dica, ela não é menos importante que as outras, Aproveitar ao máximo o que resta das férias é importante para que a criança não volte às aulas com a sensação de que não fez tudo que gostaria de fazer. Dessa maneira, quando as aulas voltarem, a mente do seu filho vai estar totalmente voltada aos estudos, e não no tempo de férias desperdiçado.

Depois que as aulas voltarem, lembre-se de se manter atento ao desempenho do seu filho e de se comunicar com a escola a fim de identificar e resolver qualquer problema que possa surgir o mais rápido possível. Além disso, incentive-o a estudar e se interessar pelo aprendizado cada vez mais.

Com essas dicas, seu filho tem tudo para fazer uma transição de volta às aulas tranquila, feliz e sem nenhum problema que atrapalhe seu rendimento na escola!

Conheça algumas brincadeiras criativas para curtir com as crianças

O final das férias estão chegando, e com isso as crianças tendem a querer aproveitar o máximo possível do tempo de diversão restante antes das aulas voltarem.

O empecilho, no entanto, é que muitas vezes as crianças já estão cansadas de fazer as mesmas atividades desde o início das férias. Por mais que ir à praia, assistir filmes e jogar videogames seja legal, o excesso acaba tornando essas coisas enjoativas e desinteressantes para os pequenos.

Por isso, separamos uma lista de atividades e brincadeiras não tão comuns para a criançada. Dessa forma, você consegue manter seus filhos entretidos nesse finalzinho de férias e eles podem aproveitar ao máximo esse tempo.

Vamos conferir?

  • Boliche: já pensou em criar um boliche caseiro com garrafas pet usadas? Além de divertir as crianças com uma atividade inusitada, você estará reutilizando o plástico e ajudando o meio ambiente. Outra vantagem do boliche é a possibilidade de envolver vários membros da família ao mesmo tempo, criando um momento bacana juntos.
  • Hora da história: que tal uma atividade que, além de divertida, ajuda a desenvolver a criatividade das crianças? Você pode começar com uma história e pedir para que seu filho dê continuidade ou simplesmente pedir para que ele conte uma história desde o começo. Além disso, essa é outra atividade que pode envolver toda a família.
  • Colagem: a maioria das crianças adora desenhar e colorir, afinal, essa é uma ótima maneira que eles encontram de se expressar e ilustrar diversos cenários. Mas que tal diversificar um pouco as coisas fazendo colagens? Ao invés de desenhar, sugira que seu filho crie colagens que ilustrem uma paisagem, por exemplo, usando recortes de revistas e jornais antigos.
  • Show de talentos: promover um show de talentos familiar é uma ótima maneira de divertir todo mundo e, ainda por cima, estreitar os laços da família. Proponha que cada um cante uma música do seu artista favorito e ofereça um pequeno prêmio para quem fizer a melhor apresentação. A avaliação do desempenho de cada um pode ser feito através da quantidade de aplausos que recebem no final da apresentação, por exemplo, e o prêmio para o vencedor pode ser um chocolate.
  • Cabana: não existe criança que não goste de fazer uma cabana. Seja à noite, para dormir, ou durante o dia, toda criança já fez uma cabana alguma vez. Para que a brincadeira fique mais legal ainda, finja que está acampando em um lugar selvagem com seu filho e estimule-o a abusar da criatividade.
  • Caça ao tesouro: já parou para pensar no quanto as crianças gostam de procurar os ovos de chocolate escondidos pela casa na Páscoa? Isso acontece porque a caça ao tesouro é uma das brincadeiras mais divertidas e criativas que existem. Até que encontrem o tesouro, as crianças se envolvem na narrativa e, além de se divertirem, utilizam a criatividade para criar aventuras. Inclua pistas, falsos prêmios e ‘armadilhas’ até que seu filho consiga encontrar o tesouro.

Essas são algumas brincadeiras diferentes que podem te ajudar a proporcionar um final de férias mais divertido para o seu filho. Além de cumprir o papel de divertir os pequenos, essas atividades também estimulam a criatividade, coordenação motora e o raciocínio lógico. Incrível, não é?

E você, o que tem feito para proporcionar um final de férias diferente para o seu filho?

Dicas de bons hábitos de alimentação para as crianças no verão

Não é segredo para ninguém que as férias são a época do ano que as crianças mais gostam. É tempo de brincar, se divertir, ir à praia, visitar a família e muito mais.

No entanto, é importante que os pais tomem uma série de cuidados para que as crianças curtam o verão sem prejudicar a saúde com o sol ou a desidratação, já que essa época do ano costuma ser bem quente.

Por isso, trouxemos as melhores dicas para que a alimentação do seu filho seja saudável e balanceada nesse verão.

Vamos lá?

  • Sempre ofereça líquidos ao seu filho. Água, água de coco e sucos naturais são as melhores opções para evitar a desidratação.
  • Evite o consumo de refrigerantes e bebidas gaseificadas, pois elas favorecem a eliminação de sais minerais pela urina e, por isso, contribuem para a desidratação.
  • Dê preferência a comer em casa. Caso não seja possível, evite comer frituras e alimentos gordurosos na rua.
  • Troque os alimentos processados, enlatados e congelados por refeições naturais e caseiras.
  • Tome cuidado com os alimentos e quitutes de barraquinhas, pois a exposição excessiva destes ao sol pode estragá-los.
  • No almoço e jantar dê preferência a um cardápio leve, com peixes, legumes, verduras, grelhados e refogados. Estes alimentos garantem uma digestão mais fácil e rápida, além de garantirem disposição.
  • Abuse de frutas ricas em água, como melancia, laranja, tangerina melão e abacaxi. Por conterem muita água, essas frutas são ótimas para manter as crianças hidratadas.
  • Ofereça lanches leves de duas em duas horas. Dessa maneira, os pequenos sempre terão as vitaminas e sais minerais necessários para manter o bom funcionamento do organismo.
  • Controle o consumo de salgadinhos, chocolates, sorvetes e guloseimas em geral, já que o consumo exagerado delas pode causar o ganho excessivo de peso nas férias.

Em resumo, opte por alimentos ricos em vitaminas e sais minerais, já que estes são os nutrientes que vão manter o corpo das crianças hidratados e funcionando bem. Frutas, vegetais e legumes, portanto, são sempre bem-vindos.

É claro que é impossível cortar totalmente os chocolates e salgadinhos das crianças, porém se assegure de que a alimentação do seu filho no verão seja balanceada. Assim como qualquer outro alimento, o problema está no excesso. Fracione as quantidades de guloseimas e implemente o máximo de alimentos saudáveis e ricos em nutrientes que conseguir.

Dessa forma, a alimentação do seu filho nesse verão vai ser ideal para que ele aproveite o máximo possível dessa época tão esperada!